Sábado
05 de Dezembro de 2020 - 

Intranet

Clientes / Advogados

Notícias

Boletins

Assine e receba nossas atualizações jurídicas

Bolsas de Valores

Bovespa 0,92% . . .
Dow Jone ... % . . .
NASDAQ 0,02% . . .
França 0,43% . . .
Japão 1,86% . . .
S&P 500 0,31% . . .

Cotação de Câmbio

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,17 5,17
EURO 6,28 6,28
IENE 0,05 0,05
GUARANI 0,00 0,00
LIBRA ES ... 6,96 6,97
PESO (ARG) 0,06 0,06

Webmail

Institucional / Colaboradores

Previsão do tempo

Hoje - Brasília, DF

Máx
32ºC
Min
20ºC
Pancadas de Chuva

Domingo - Brasília, D...

Máx
29ºC
Min
19ºC
Pancadas de Chuva

Hoje - Niterói, RJ

Máx
27ºC
Min
24ºC
Pancadas de Chuva a

Domingo - Niterói, RJ

Máx
26ºC
Min
24ºC
Pancadas de Chuva a

Hoje - Rio de Janeiro,...

Máx
27ºC
Min
24ºC
Pancadas de Chuva a

Domingo - Rio de Janei...

Máx
26ºC
Min
24ºC
Pancadas de Chuva a

Visitas telepresenciais no Palácio da Justiça e no Museu do TJSP

Nova modalidade retoma e amplia acesso ao público.       As visitas telepresenciais ao Palácio da Justiça e ao Museu do Tribunal de Justiça de São Paulo foram lançadas em setembro e outubro, respectivamente, e já somam mais de dois mil participantes, com datas pré-agendadas. A maior parte dos grupos é formada por instituições de ensino, mas outras entidades e o público em geral também podem saber mais sobre o imponente Palácio da Justiça, sede do TJSP, e o Palacete Conde de Sarzedas, sede do Museu.  Além da história, a rica e suntuosa arquitetura dos edifícios oferece um espetáculo à parte.     A retomada das visitas foi viabilizada por iniciativa da Secretaria da Presidência, a partir de trabalho conjunto das Diretorias de Relações Institucionais e de Comunicação Social, com apoio da Coordenadoria do Museu. As equipes gravaram dois vídeos que mostram detalhes dos prédios e das peças em exposição, além das informações históricas, que já eram abordadas nas visitas presenciais. Assim, mesmo em tempos de pandemia e de isolamento social, pessoas de todas as partes do Brasil e do mundo podem ter acesso a esse patrimônio histórico e cultural da cidade de São Paulo.     "A Presidência do Tribunal de Justiça fica lisonjeada em receber os senhores e as senhoras para uma visita nessa Corte quase sesquicentenária, com prédios tombados e uma história de muita atividade ligada ao povo paulista. Vale a pena observar cada detalhe do que é mostrado", afirma o presidente do TJSP, desembargador Geraldo Pinheiro Franco, nos vídeos das visitas virtuais.   Palácio da Justiça – Sede da Justiça Bandeirante     A primeira visita monitorada virtual ao Palácio da Justiça aconteceu em 14 de setembro e, já no primeiro mês, mais de 900 alunos de sete instituições de ensino participaram. O novo programa consiste na apresentação, pela plataforma Teams, de conteúdo audiovisual sobre a história do Poder Judiciário paulista, sobre o prédio e os principais ambientes. O acesso dos visitantes ao ambiente virtual ocorre por link, enviado via e-mail, após a confirmação do agendamento do evento e envio de formulário com os dados dos participantes.     Com a agenda de outubro e novembro preenchida, a previsão do setor é de que mais de 2.800 pessoas acompanhem as visitas até o final do ano.  “Participar da primeira visita virtual ao Palácio da Justiça com os alunos foi muito gratificante. Desde o início da pandemia, eles já questionavam se teríamos a visita ao Palácio, como fazíamos todos os anos. Assim, foi uma grata surpresa quando soubemos dessa modalidade on-line. A experiência de conhecer o Palácio da Justiça, ainda que virtualmente, foi muito proveitosa, porque os alunos puderam ver detalhes e absorver mais do programa, sem as distrações comuns às visitas presenciais”, diz a professora Cátia Cristina de Oliveira Mangueira, da Universidade São Judas. Localizado na Praça da Sé, região central da capital paulista, o magnífico Palácio da Justiça abriga a história do Judiciário paulista há 146 anos. Em 1911 o escritório do renomado arquiteto Ramos de Azevedo foi contratado para o projeto e construção da sede do Judiciário do Estado de São Paulo. A data de inauguração oficial do prédio é 25 de janeiro de 1942. O edifício possui imponentes espaços internos, dos quais se destacam o Salão dos Passos Perdidos, o Salão do Júri, o Espaço Cultural Paulo Bonfim, a Sala Advogado José Adriano Marrey, a Sala Ministro Manoel da Costa Manso, conhecida como Salão Nobre, e a Sala dos Retratos, que mantém o registro de todos os ex-presidentes da Corte. No tour virtual, o público pode visualizar cada um desses espaços e conhecer detalhes, objetos e documentos antigos. Um detalhe interessante é que os visitantes podem tirar dúvidas com os apresentadores enquanto o tour acontece.     Agendamento: pelo e-mail visita@tjsp.jus.br ou pelo telefone (11) 3117-2615. O serviço está disponível de segunda a sexta-feira em dois horários – das 10 às 10h45 ou das 15 às 15h45.       Palacete Conde de Sarzedas – Sede do Museu do TJSP     As primeiras visitas telepresenciais do Museu ocorreram em outubro, nos dias 14 e 23. “Diante da realidade da pandemia da Covid-19 e a da instituição do sistema de trabalho remoto no TJSP, a implantação das visitas telepresenciais foi essencial. Não poderíamos manter fechadas ao público as portas do Palacete e o acervo histórico da Justiça paulista que ele abriga. Assim, adaptamos nossas exposições, ajustando a visitação para o modelo telepresencial. Nosso objetivo foi continuar garantindo a mesma acolhida e experiência que nossos visitantes tinham antes da pandemia, nas visitas guiadas presenciais”, afirma a desembargadora Luciana Almeida Prado Bresciani, coordenadora do Museu do TJSP.     No dia 14, o primeiro tour virtual foi para uma turma de Direito da Universidade Paulista (Unip); no dia 23 ocorreu a primeira visitação aberta ao público, para a qual os interessados se inscreveram inpidualmente, sem vínculo com grupos ou instituições. “Fiquei sabendo da visita aberta ao público por uma colega e me inscrevi. Mesmo em ambiente virtual, me impressionou a maneira fluida com que se deu a visita. A interação pelo chat também tornou a experiência muito acolhedora e humanizada. Notei muito preparo técnico e pesquisa, com roteiro e apresentação interessantes, que nos permitiram conhecer a história e a memória da instituição de maneira agradável”, conta Cristiane Borba Alvares, auxiliar de Promotoria.     A visita, que também utiliza o aplicativo Teams para a transmissão, mostra a beleza singular do Palacete e a rica memória histórica do Tribunal bandeirante, em especial a Revolução Constitucionalista de 1932, por meio de objetos, documentos e história de personagens. Construído originalmente no fim do século XIX, o Palacete passou por um processo de restauro entre os anos de 2003 e 2006 e foi reinaugurado como sede do Museu do TJSP em 2007. Um dos ambientes mostrados é a sala Conde de Sarzedas, com fotos da família Lorena, que viveu durante décadas no local, e também móveis de estilo, doados pelos antigos proprietários. O Museu conta, também, com núcleos permanentes de exposição: a “Sala Desembargador Emeric Levai” e o “Espaço Cultural Poeta Paulo Bomfim”, localizados no Palácio da Justiça, além dos quatro memoriais instalados em diferentes comarcas que homenageiam os patronos dos fóruns que os recebem. Os memoriais estão distribuídos na Sede Regional do Museu do TJSP na 6ª Região Administrativa Judiciária, em Ribeirão Preto; o Memorial Young da Costa Manso, no Foro Regional de Itaquera; o Memorial Hely Lopes Meirelles, no fórum que abriga as varas da Fazenda Pública; e o Museu do Fórum de Pitangueiras.      “Com bastante empenho das nossas equipes de trabalho, tentamos reproduzir, na visita telepresencial, a experiência que os visitantes tinham na visita presencial. A receptividade foi muito positiva, demonstrando a importância da ação”, destaca a desembargadora Luciana Prado.     Agendamento: inscrições pelo e-mail museutj@tjsp.jus.br. Para grupos previamente formados é preciso enviar nome da instituição, do responsável pela visita, quantidade de pessoas, telefone para contato e dia e horário da visita (de segunda a sexta-feira, às 11 ou às 15 horas). As próximas visitas abertas ao público serão nos dias 6 e 20 de novembro e 4 de dezembro, sempre às 11 horas. Interessados devem enviar e-mail com nome completo e, no campo “Assunto”, escrever “Inscrição para visita telepresencial no dia (informar a data)”. Os visitantes recebem certificado de participação emitido pela Coordenadoria do Museu do TJSP.       N.R.: texto originalmente publicado no DJE de 28/10/20.            imprensatj@tjsp.jus.br       Siga o TJSP nas redes sociais:      www.facebook.com/tjspoficial     www.twitter.com/tjspoficial     www.youtube.com/tjspoficial     www.flickr.com/tjsp_oficial     www.instagram.com/tjspoficial  
29/10/2020 (00:00)
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitante nº  2048552
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.