Segunda-feira
23 de Setembro de 2019 - 

Intranet

Clientes / Advogados

Notícias

Boletins

Assine e receba nossas atualizações jurídicas

Webmail

Institucional / Colaboradores

Presidente Pereira Calças prestigia apresentação do “Orfeão Universitário do Porto”

OUP existe há mais de 100 anos. Depois de ter iniciado o dia com o evento “100 Anos de Ensino e Ação Social”, em comemoração ao aniversário do Departamento Jurídico (DJ) XI de Agosto, da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, na presença de ministros, magistrados, advogados, professores, estudantes e convidados, o presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças, encerrou a segunda-feira (9), na Casa de Portugal, em São Paulo, prestigiando a apresentação do “Orfeão Universitário do Porto (OUP)”, que se apresenta no Brasil, no Rio de Janeiro e São Paulo. Recebido pelo cônsul-geral de Portugal em São Paulo, Paulo Jorge Nascimento, pelo presidente do Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo, Manuel Magno Alves, e pelo presidente da Casa de Portugal em São Paulo, Antônio dos Ramos, o presidente Pereira Calças faz questão de preservar e difundir a cultura, a música, a gastronomia e as manifestações típicas lusitanas e, ao mesmo tempo, levar aos portugueses que aqui residem, a relevância do papel do magistrado na sociedade e o impacto das decisões no cotidiano do jurisdição. Sabia mais – O Orfeão Universitário do Porto (OUP) é uma Instituição de Utilidade Pública constituída apenas por alunos da Universidade do Porto, com fins culturais, beneméritos e acadêmicos. Fundada em 1912, sob a designação de Orfeão Acadêmico do Porto, é das poucas associações a reunir estudantes de todas as Faculdades da Universidade do Porto. O OUP possui 17 trabalhos discográficos e se apresenta regularmente por todo o país e no estrangeiro, levando ao palco uma amostra persa da cultura portuguesa desde canto coral, danças e cantares regionais, fados e tunas. O seu regente artístico é o maestro António Sérgio Ferreira, desde 2006.  O espetáculo tem características únicas, seja pela variedade e rigor dos grupos que integra, como pelo entusiasmo e irreverência em que os estudantes universitários são pródigos. É uma viagem de sons e vivências à alma portuguesa, em que todos se empenham por bem representar. O OUP desenvolve um trabalho profícuo há mais de 100 anos, como entidade artística da maior universidade portuguesa, para preservar e pulgar os cantares, os dançares e os tocares mais enraizados na cultura de ser português.   imprensatj@tjsp.jus.br
10/09/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitante nº  276405
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.