Quarta-feira
03 de Março de 2021 - 

Intranet

Clientes / Advogados

Notícias

Boletins

Assine e receba nossas atualizações jurídicas

Bolsas de Valores

Bovespa 0,92% . . .
Dow Jone ... % . . .
NASDAQ 0,02% . . .
França 0,43% . . .
Japão 1,86% . . .
S&P 500 0,31% . . .

Cotação de Câmbio

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,58 5,58
EURO 6,73 6,73
IENE 0,05 0,05
GUARANI 0,00 0,00
LIBRA ES ... 7,78 7,78
PESO (ARG) 0,06 0,06

Webmail

Institucional / Colaboradores

Novidade: plataforma para solicitação de notas e respostas técnicas relacionadas à Internet

Sistema é fruto de parceria com o NIC.br.   Magistrados do Tribunal de Justiça de São Paulo têm à disposição, a partir de hoje (26), plataforma para solicitar respostas ou notas técnicas sobre questões relacionadas à internet. O apoio técnico é fornecido pelo Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), associação ligada ao Comitê Gestor de Internet no Brasil.   Como Funciona O sistema é simples e intuitivo. Ao receber uma ação com questões relativas à internet (por exemplo: protocolo de internet IPv6, porta lógica de origem, indisponibilização de URL etc.), o juiz pode encaminhar uma solicitação ao NIC.br para análise técnica. Confira o passo a passo: 1)    Acessar o sistema (clique aqui); 2)    Clicar no item “Solicitar”; 3)    Preencher os campos obrigatórios (número do processo, município, fórum, unidade) e escrever no campo “Dúvida Técnica” as informações de que necessita; 4)    Se o caso, anexar documentos importantes como complemento da solicitação. 5)    Equipe especializada do NIC.br analisará o caso e responderá em até cinco dias úteis para Respostas Técnicas e dez dias úteis para Notas Técnicas.     A Resposta Técnica, mais rápida, atende casos em que não é necessário levantamento bibliográfico complexo, mas que precisam de informação técnica imediata, apoiada em estudos e eventuais manifestações anteriores já consolidadas. Já as Notas Técnicas são para casos mais complexos, que exigem revisão bibliográfica, recomendação sobre riscos e benefícios.   Sistema Resultado do convênio firmado entre o TJSP e o NIC.br, o sistema foi desenvolvido para auxiliar magistrados paulistas. Permite que o solicitante visualize e acompanhe suas demandas. Além disso, é possível buscar documentos com informações técnicas já emitidas pelo NIC.br, na área “Base de Conhecimento”. “Há muitos pedidos envolvendo internet em que nós, magistrados, precisamos de auxílio técnico para compreender o caso e prover a melhor solução”, afirma o desembargador Miguel Angelo Brandi Júnior, que já utilizou os serviços do NIC.br para orientação técnica em um processo envolvendo tema específico. “Quando procurei o NIC.br, fui atendido prontamente”, disse. Em caso de dúvidas com relação ao funcionamento do sistema, os magistrados podem contatar a Secretaria de Tecnologia da Informação do TJSP (STI) pelo e-mail comunicados.sti@tjsp.jus.br, ou o NIC.br pelo telefone (11) 5509-3521 e e-mail juridico@registro.br.   NIC.br – O Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR foi criado para implementar as decisões e os projetos do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), que é o responsável por coordenar e integrar as iniciativas e serviços da Internet no País. Entre as atribuições do Núcleo estão o registro e manutenção dos nomes de domínios que usam o ; o tratamento e resposta a incidentes de segurança em computadores envolvendo redes conectadas à Internet no Brasil; a produção e pulgação de indicadores, estatísticas e informações estratégicas sobre o desenvolvimento da Internet no Brasil, entre outros.     imprensatj@tjsp.jus.br     Siga o TJSP nas redes sociais: www.facebook.com/tjspoficial www.twitter.com/tjspoficial www.youtube.com/tjspoficial www.flickr.com/tjsp_oficial www.instagram.com/tjspoficial
26/01/2021 (00:00)
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitante nº  2377127
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.