Sexta-feira
07 de Agosto de 2020 - 

Intranet

Clientes / Advogados

Notícias

Boletins

Assine e receba nossas atualizações jurídicas

Bolsas de Valores

Bovespa 0,92% . . .
Dow Jone ... % . . .
NASDAQ 0,02% . . .
França 0,43% . . .
Japão 1,86% . . .
S&P 500 0,31% . . .

Cotação de Câmbio

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,34 5,34
EURO 6,33 6,34
IENE 0,05 0,05
GUARANI 0,00 0,00
LIBRA ES ... 7,02 7,02
PESO (ARG) 0,07 0,07

Webmail

Institucional / Colaboradores

Previsão do tempo

Hoje - Brasília, DF

Máx
23ºC
Min
12ºC
Predomínio de

Sábado - Brasília, D...

Máx
24ºC
Min
13ºC
Predomínio de

Hoje - Niterói, RJ

Máx
25ºC
Min
18ºC
Predomínio de

Sábado - Niterói, RJ

Máx
26ºC
Min
19ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - São Paulo, SP

Máx
25ºC
Min
12ºC
Predomínio de

Sábado - São Paulo, ...

Máx
25ºC
Min
13ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - Rio de Janeiro,...

Máx
25ºC
Min
18ºC
Predomínio de

Sábado - Rio de Janei...

Máx
26ºC
Min
19ºC
Parcialmente Nublado

NJ: Seminário Questões Raciais e Poder Judiciário recebe inscrições até hoje (3/7)*

Publicado em 03/07/2020Estão abertas até hoje (3/7) as inscrições para o seminário Questões Raciais e Poder Judiciário. Voltado a pessoas interessadas em participar do debate e apoiar o enfrentamento do racismo estrutural, o evento será realizado nos dias 7 e 8 de julho, pela plataforma Cisco Webex e com transmissão ao vivo pelo canal do CNJ no YouTube.No Brasil, negros e negras constituem a maioria da população carcerária, respondem por uma parcela ínfima das posições de poder, são pouco vistos nos bancos das universidades e recebem salários menores que a população branca. As mulheres negras são as maiores vítimas de feminicídio, de violência doméstica e de violência sexual. Jovens negros e de baixa escolaridade são as principais vítimas de mortes violentas no Brasil.Apesar de alguns avanços nos últimos anos, concretizados em políticas de cotas e em leis que punem com maior rigor atos preconceituosos, a realidade das pessoas negras ainda é marcada pela falta de oportunidades e violência. Diante dessas questões, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), com apoio da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) e da coordenação do Encontro Nacional de Juízas e Juízes Negros (ENAJUN), uniram-se para debater e refletir sobre o enfrentamento ao racismo estrutural, manifestado institucionalmente no sistema de Justiça, onde os negros ainda possuem pouca representação.O evento contará com a participação da juíza federal Adriana dos Santos Cruz, titular da 5ª Vara Federal Criminal da Seção Judiciária do Rio de Janeiro (SJRJ), no Painel 1 – Racismo Cotidiano e Sistema de Justiça – Memória da Plantação em Nós, que acontecerá no dia 7/7, terça-feira, a partir das 17h45, e no Encerramento – Palestra Justiça e questões raciais. Criação do GT CNJ de Igualdade Racial no Poder Judiciário, que ocorrerá no dia 8/7, quarta-feira, a partir do meio-dia.São mil vagas. As pessoas inscritas que acessarem a plataforma vão receber certificados. A emissão ocorre por meio do sistema de inscrições, conforme orientações que serão encaminhadas posteriormente aos participantes.Serviço:Seminário Questões Raciais e Poder JudiciárioDatas e horários: dia 7 de julho, das 17h às 19h30; e dia 8 de julho, das 9h às 12h.Local: plataforma Cisco Webex – o link de acesso será encaminhado aos inscritosInscrições: até 3 de julho, no endereço https://eventos.cnj.jus.br/inscricao-seminario-nacional-sobre-questoes-raciaisConheça a programação completa.*Com informações da Agência CNJ de Notícias Assuntos:CNJ ^
03/07/2020 (00:00)

ENTRE EM CONTATO

Rua do Carmo  nº 7,  17º andar
-  Centro
 -  Rio de Janeiro / RJ
-  CEP: 20011-020
+55 (21) 98024-8595+55 (21) 3254-2373
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitante nº  1552888
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.