Domingo
24 de Outubro de 2021 - 

Intranet

Clientes / Advogados

Notícias

Boletins

Assine e receba nossas atualizações jurídicas

Bolsas de Valores

Bovespa 0,92% . . .
Dow Jone ... % . . .
NASDAQ 0,02% . . .
França 0,43% . . .
Japão 1,86% . . .
S&P 500 0,31% . . .

Cotação de Câmbio

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,71 5,71
EURO 6,64 6,65
IENE 0,05 0,05
GUARANI 0,00 0,00
LIBRA ES ... 7,85 7,85
PESO (ARG) 0,06 0,06

Webmail

Institucional / Colaboradores

Previsão do tempo

Hoje - Brasília, DF

Máx
27ºC
Min
19ºC
Chuvas Isoladas

Segunda-feira - Brasí...

Máx
28ºC
Min
18ºC
Chuvas Isoladas

Hoje - Niterói, RJ

Máx
31ºC
Min
24ºC
Parcialmente Nublado

Segunda-feira - Niter...

Máx
23ºC
Min
19ºC
Nublado

Hoje - São Paulo, SP

Máx
26ºC
Min
17ºC
Chuva

Segunda-feira - São P...

Máx
16ºC
Min
14ºC
Chuva

Hoje - Rio de Janeiro,...

Máx
29ºC
Min
23ºC
Parcialmente Nublado

Segunda-feira - Rio de...

Máx
24ºC
Min
19ºC
Chuvas Isoladas

Judiciário de Nova Odessa promove continuação do ciclo de palestras sobre a Primeira Infância

Representantes do Poder Público local participaram do evento. O Poder Judiciário de Nova Odessa promoveu, na última quarta-feira (15), a continuação da “Jornada de Debates do Plano Municipal da Primeira Infância – Dialogando para transformar, para a salvaguarda das próximas gerações”, com transmissão pela plataforma Teams. O evento integra o projeto Afeto na Infância – Você afinado com seu filho (Afin), da Vara da Infância e Juventude de Nova Odessa, que conta com apoio institucional dos Poderes Executivo e Legislativo do Município e promove o desenvolvimento infantil através de ações que estimulem a prática de habilidades parentais saudáveis na Primeira Infância. O webinário está disponível no canal do Projeto Afin no Youtube. A juíza da 2ª Vara de Nova Odessa, Michelli Vieira do Lago Ruesta Changman, idealizadora do projeto, conduziu todo o evento, que teve como tema "As vantagens de se investir em Primeira Infância". Os palestrantes foram os professores Vital Didonet, especialista em educação infantil e políticas pela primeira infância, e David Moises, coordenador do Observatório de Políticas Públicas junto ao Núcleo de Pesquisa de Políticas Públicas da Universidade de São Paulo. Vital Didonet trouxe informações científicas sobre a influência do meio social e familiar no desenvolvimento psíquico da criança. “A criança se constitui em inpíduo por meio de sua genética e da interação com o meio ao seu redor”, disse. “Com estímulos adequados, ela se desenvolve de maneira saudável”. Segundo o professor, a violência física ou verbal sofrida na infância deixa marcas profundas e indeléveis que são levadas para vida adulta. “Cuidar da criança de forma integral no seu desenvolvimento psíquico e físico já dá uma grande chance de a pessoa ter saúde ao longo da vida”, alertou. “É preciso evitar que as crianças vivenciem o descaso e o abandono nesta fase, porque resultará em medo, sensação de inferioridade, revolta e raiva na vida adulta”, esclareceu. “Felizes os governantes, profissionais e famílias que deram uma infância de estímulo, carinho, proteção, cuidado e relações saudáveis para que elas vivessem a infância como crianças. Um município que cuida de suas crianças tem outra cara: é mais alegre, mais vibrante, mais desenvolvido.” O professor David Moises complementou a fala de Vital Didonet tratando das razões políticas para se investir primeira infância. Ele afirmou que existe uma relação entre a qualidade do desenvolvimento infantil e a sustentação da democracia, pois as nossas competências para a vida democrática são construídas na primeira infância. “O desenvolvimento das competências sociais, emocionais e cognitivas influem na forma como a sociedade vive sua vida social e política, em como resolve os conflitos por meios não violentos, como os inpíduos se relacionam com respeito às leis e instituições do Estado Democrático de Direito”, explicou. De acordo com o palestrante, a implantação de políticas públicas intersetoriais (envolvendo persas áreas) para dar suporte ao desenvolvimento das crianças em suas persas competências beneficia não só os infantes, mas também a própria administração pública. O primeiro benefício é a redução do gasto público e ganho intergeracional. “Ao longo do tempo, gasta-se menos com problemas como turmas de reforço escolar, tratamento de usuário de drogas, combate à criminalidade etc. e estes ganhos são transmitidos a futuras gerações, que tendem a repetir as trajetórias bem-sucedidas dos pais”, disse. O segundo benefício é a otimização do uso de recursos e ganho de eficiência. “Como essas políticas são multisetoriais, os benefícios repercutem em persos setores da Administração e os resultados aparecem nas contas, nos indicadores”, explicou. Prestigiaram o evento a promotora de Justiça de Nova Odessa Beatriz Binello Valério; a presidente da Comissão de Direitos Infanto-juvenis da Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção Nova Odessa, Patrícia Weffort, representando o presidente da OAB local; o defensor público Daniel Palotti Secco; o prefeito de Nova Odessa, Claudio José Schooder, o “Leitinho”; o presidente da Câmara Municipal de Nova Odessa, vereador Elvis Ricardo Maurício Garcia; o delegado de Polícia de Nova Odessa, Diego Bini; o comandante local da Polícia Militar, sargento PM Moacir Carvalho; e pessoas inscritas no evento.   imprensatj@tjsp.jus.br Siga o TJSP nas redes sociais: www.facebook.com/tjspoficial www.twitter.com/tjspoficial www.youtube.com/tjspoficial www.flickr.com/tjsp_oficial www.instagram.com/tjspoficial
17/09/2021 (00:00)
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitante nº  3376223
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.