Terça-feira
01 de Dezembro de 2020 - 

Intranet

Clientes / Advogados

Notícias

Boletins

Assine e receba nossas atualizações jurídicas

Bolsas de Valores

Bovespa 0,92% . . .
Dow Jone ... % . . .
NASDAQ 0,02% . . .
França 0,43% . . .
Japão 1,86% . . .
S&P 500 0,31% . . .

Cotação de Câmbio

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,33 5,33
EURO 6,38 6,38
IENE 0,05 0,05
GUARANI 0,00 0,00
LIBRA ES ... 7,12 7,12
PESO (ARG) 0,07 0,07

Webmail

Institucional / Colaboradores

Previsão do tempo

Hoje - Brasília, DF

Máx
29ºC
Min
16ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Brasíl...

Máx
29ºC
Min
18ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - Niterói, RJ

Máx
29ºC
Min
25ºC
Pancadas de Chuva a

Quarta-feira - Niteró...

Máx
27ºC
Min
24ºC
Pancadas de Chuva a

Hoje - São Paulo, SP

Máx
30ºC
Min
22ºC
Pancadas de Chuva

Quarta-feira - São Pa...

Máx
30ºC
Min
20ºC
Pancadas de Chuva a

Hoje - Rio de Janeiro,...

Máx
29ºC
Min
25ºC
Pancadas de Chuva a

Quarta-feira - Rio de ...

Máx
27ºC
Min
24ºC
Pancadas de Chuva a

Concurso de Quadrinhos no TRT/RJ

Estão abertas, até o dia 11 de dezembro, as inscrições para o Concurso de Quadrinhos promovido pela Escola Judicial (EJ1) do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região. O objetivo do concurso é publicar uma história em quadrinhos com o tema da invisibilidade pública, em consonância com o projeto “Vivendo o Trabalho Subalterno” da EJ1 e dos materiais didáticos produzidos por este, especialmente os livros “Vivendo o Trabalho Subalterno” e “Diários da Alteridade” (no prelo) e o documentário “Eu, um outro: uma experiência na Justiça do Trabalho”. O primeiro lugar receberá o prêmio de R$ 14 mil. Acesse aqui o edital para mais informações.   Sobre o "Vivendo o Trabalho Subalterno" O projeto “Vivendo o Trabalho Subalterno” consiste em uma atividade de pesquisa da Escola Judicial que tem o objetivo de oferecer aos magistrados conteúdos curriculares que os preparem para as complexidades vivenciadas em seu cotidiano de trabalho e os capacitem para o relacionamento com aqueles para os quais oferecem a prestação jurisdicional.   Segundo a EJ1, ao se posicionarem momentaneamente em contato intersubjetivo com empregados e empregadores do segmento econômico, os magistrados-pesquisadores têm a possibilidade de vivenciar a etnografia – metodologia das Ciências Sociais que estuda um objeto pela vivência real do contexto onde este se insere.  
28/10/2020 (00:00)
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitante nº  2031493
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.