Terça-feira
15 de Outubro de 2019 - 

Intranet

Clientes / Advogados

Notícias

Boletins

Assine e receba nossas atualizações jurídicas

Webmail

Institucional / Colaboradores

09/10/2019 - 10h00Fraudar currículo pode fechar portas no mercadoJQ mostra as consequências legais para quem mente sobre trajetória profissional

Perder uma boa oportunidade de trabalho e ter sua imagem queimada no mercado são os menores dos problemas para o profissional que frauda o currículo. A maioria das maquiagens sobre habilidades técnicas que alguns candidatos colocam no documento são facilmente detectadas. Mas o que muitos não sabem é que, pela lei trabalhista, o funcionário pode ser dispensado por justa causa quando é comprovada a fraude com o objetivo de obter proveito próprio. O funcionário ou candidato pode ainda ser enquadrado no crime de falsidade ideológica por uso de documento falso.   Os espectadores podem contribuir para o programa, enviando opiniões para o e-mail justicaemquestao@tjmg.jus.br. As edições anteriores são publicadas na página do Justiça em Questão, no YouTube. *
09/10/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitante nº  348470
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.